Padre Alfonso Pastore

Padre Alfonso Pastore nasceu em Soledade, Rio Grande do Sul, no dia 8 de novembro de 1932. Era o 5º filho de uma família de sete irmãos. Seus pais, José Pastore e Maria Ranzolin Pastore eram agricultores e muito religiosos.

Foi ordenado Padre no dia 29 de junho de 1958.

Em Vitória, Padre Alfonso foi pároco das igrejas de São Pedro, Praia do Suá, Porto de Santana, e fundador da Paróquia São Camilo na Mata da Praia.

Na Mata da Praia, a exemplo de Porto de Santana, Padre Alfonso dedicou-se a criar pequenas comunidades, onde as famílias pudessem se conhecer, se visitarem e compartilharem dos valores cristãos.

Padre Alfonso implantou o curso da palavra, grupos de oração, experiencias de oração, preparação para Liturgia, missa dos enfermos, preparações para os sacramentos desenvolvidos nas comunidades, e ainda, desenvolveu uma parceria entre comunidades da Mata da Praia e comunidades de Porto de Santana, particularmente em Flexal II.

Pe. Alfonso trabalhou com menores de rua, mães solteiras, atendia leprosários, manicômios, sanatórios psiquiátricos e presos. Além disso, dedicou parte da sua vida para escrever, fazendo de suas obras, verdadeiras pérolas para o clero e para os leigos. Dentre seus livros publicados, destacam-se. “Eu também não acreditava no amor e no poder de Jesus”, “Acolhimento”, “O Iníquo Sistema Carcerário” e “Missa de Cura e Testemunho”.

Pastore morreu no dia 17 de março de 2000, em Vitória, aos 67 anos de idade.

Ficha Técnica

Tipo de monumento:

Monumentos

Cidade:

Vitória

Bairro:

Mata da Praia

Endereço:

Praça Benedito Rodrigues da Cruz

Inscrições:

“Se não for para ir para o céu, não vale a pena viver” (Pe Alfonso Pastore)

Vídeo

Galeria de Imagens

Como chegar

Deixe um comentário

  • Apoio

    Actual Contabilidade
  • Patrocínio

    Lei Rubem Braga Prefeitura de Vitória Grupo CJF Vale
  • Realização

    Ofício Comunicação e Cultura