Almirante Tamandaré

O busto original, de propriedade da Capitania dos Portos do Espírot Santo, não tem assinatura. O autor da réplica, feita em moldagem direta, é Jânio Leonardelli.

Joaquim Marques Lisboa, o Almirante Tamandaré (Rio Grande (RS), 13 de dezembro de 1807 – Rio de Janeiro, 20 de março de 1897), foi um militar da Marinha do Brasil. Na carreira, atingiu o posto de almirante, tendo os seus serviços à pátria sido reconhecidos pelo Império com a concessão do título de marquês de Tamandaré. Herói nacional, é o patrono da Marinha de Guerra do Brasil. O dia de seu nascimento, 13 de dezembro, é lembrado como o Dia do Marinheiro.

Participou nas lutas da guerra da Independência do Brasil, na Bahia; da Confederação do Equador e da repressão às revoltas ocorridas durante o Período Regencial: a Cabanagem, a Sabinada, a Farroupilha, a Balaiada e a Praieira.

No plano externo, participou da Guerra contra Oribe e Rosas e, com a eclosão da Guerra do Paraguai, comandou as forças navais em operação na bacia do Rio da Prata, em apoio à batalha do Passo da Pátria, à batalha de Curuzu e à batalha de Curupaiti.

Ficha Técnica

Tipo de monumento:

Monumentos

Cidade:

Vitória

Bairro:

Enseada do Suá

Endereço:

Avenida Nossa Senhora dos Navegantes

Autor:

Jânio Olimpio Leonardelli Abreu

Obra:

Busto de bronze / PEDESTAL: granito cinza polido/apicoado

Dimensões:

H: 65 L:70 C: 32 / PEDESTAL - H: 148,5 L: 62 C: 62,5

Data de inauguração:

Dezembro 2007

Inscrições:

Sim. Na placa em bronze do pedestal: ALTE. JOAQUIM MARQUES LISBOA, MARQUÊS DE TAMANDARÉ, PATRONO DA MARINHA DO BRASIL. DEZEMBRO DE 2007, BICENTENÁRIO DE NASCIMENTO.

Vídeo

Galeria de Imagens

Como chegar

Deixe um comentário

  • Apoio

    Actual Contabilidade
  • Patrocínio

    Lei Rubem Braga Prefeitura de Vitória Grupo CJF Vale
  • Realização

    Ofício Comunicação e Cultura