Estátua de músico pichada de novo

11 de junho de 2016

Reportagem de Wesley Ribeiro, jornal A Gazeta 11 de Junho de 2016
Foto: Divulgação/PMV

A estátua de bronze do violonista capixaba Maurício de Oliveira, na Praia de Camburi, Vitória, vai ganhar uma câmera de videomonitoramento para inibir as ações de vandalismo. A informação foi divulgada depois que a estátua foi pichada pela segunda vez, na madrugada de ontem. A primeira pichação ocorreu na madrugada do sábado passado.

Desta vez, a ação aconteceu por volta das 3h50, segundo o secretário, e foi muito rápida, não dando tempo para chegada da Guarda Municipal. Encapuzado, o criminoso fugiu rapidamente do local. A estátua foi limpa ontem mesmo.

As informações são do secretário de Segurança Urbana de Vitória, Fronzio Calheira. A câmera deve ser instalada na semana que vem. Segundo ele, não é possível determinar a data porque algumas questões técnicas estão sendo resolvidas, como a instalação das fibras óticas.

O equipamento será instalado em um local mais próximo à estátua. A câmera é giratória e tem capacidade de zoom, a exemplo das câmeras que já existem na orla. No entanto, a câmera mais próxima fica a cerca de 300 metros da estátua, de acordo com Fronzio, o que tem dificultado a identificação dos criminosos.

“Além disso, os vândalos agem durante a noite e com a cabeça coberta”, explica.

Além do videomonitoramento, a estátua já recebeu ontem mesmo melhoria na iluminação, com a troca da lâmpada instalada na inauguração por uma lâmpada de 250 whatts de potência de vapor metálico, muito mais clara.

“A iluminação anterior era cênica e produzia muitas sombras. Agora, tudo vai ficar mais claro no local, o que vai inibir as ações de vandalismo e ajudar no monitoramento”, comenta Fronzio.

Reincidência

Na madrugada do sábado passado, a estátua já havia sido pichada. Na ocasião, a Prefeitura de Vitória informou que as câmaras de videomonitoramento filmaram o momento da pichação e que as imagens foram encaminhadas para a polícia, que investiga o caso.

“Nós pedimos apoio da população. Caso alguém tenha conhecimento do autor ou ouviu algo relacionado a essas ações, pedimos que ligue para a polícia, pelo 181, ou mesmo para a prefeitura, pelo 156”, conclui.

Na Capital, a legislação de maio deste ano pune quem for flagrado pichando com multa de R$ 9.007,80.

Deixe um comentário

  • Apoio

    Actual Contabilidade
  • Patrocínio

    Lei Rubem Braga Prefeitura de Vitória Grupo CJF Vale
  • Realização

    Ofício Comunicação e Cultura