Cabeça de estátua do Palácio Anchieta é colocada

16 de dezembro de 2014

Texto e Foto: Leandro Nossa – A Gazeta

O conjunto de esculturas da escadaria Bárbara Monteiro Lindenberg, que dá acesso ao Palácio Anchieta, em Vitória, foi revitalizado. As seis esculturas, feitas de mármore carrara, foram totalmente restauradas. Uma delas, o Menino do Delfim, estava sem a cabeça desde um protesto realizado em julho de 2013, após ser alvo de ato de vandalismo. A cabeça foi restaurada e recolocada na escultura, que faz parte do conjunto com mais de 100 anos de história.

O trabalho de restauração foi realizado pelo artista Rafael João Rodrigues. A estimativa era de que o trabalho completo fosse entregue em janeiro, mas a conclusão foi antecipada. Segundo a gerente do Espaço Cultural do Palácio Anchieta, Áurea Miranda, a restauração demonstra um respeito à história do Estado. O mármore foi trazido da Itália e o custo total da remodelação foi de R$ 82.500.

“O nosso mármore, o branco brasileiro, é muito cristalizado. A ideia do projeto era fazer com o material original, o mármore de Carrara. Por isso, os protótipos foram esculpidos na Itália e aqui houve apenas a reintegração”, explicou, à rádio CBN Vitória.

Como ficou mais de um ano sem a cabeça, a restauração já tem chamado a atenção de quem passa pelo Centro de Vitória. Muitas pessoas têm parado para tirar fotos com o celular.

A Gazeta 16 de dezembro de 2014

Deixe um comentário

  • Apoio

    Actual Contabilidade
  • Patrocínio

    Lei Rubem Braga Prefeitura de Vitória Grupo CJF Vale
  • Realização

    Ofício Comunicação e Cultura